quinta-feira, 14 de julho de 2011

Títulos e honrarias

Eu fico impressionado com a quantidade de títulos que as pessoas inventam nas igrejas.

Antigamente tínhamos o Diácono e o Pastor, em algumas igreja havia o Presbítero e, em outras, o Obreiro; mas hoje em dia o que não falta é título!

O que mais assusta não é a quantidade de títulos, mas a obsessão em se ter um título.

Todo mundo quer ter um título para ser usado antes do nome, ou seja, ser chamado de irmão não serve pois é muito pouco.
Por isso temos o levita fulano, o profeta ciclano, o vaso num-sei-quem, o bispo beltrano, o presidente não-sei-do-que, o superintendente não-sei-de-onde, o apóstolo tal e, até patriarca já tem por aí!

Ou seja, a verdade verdadeira, é que todo mundo que ser (ou seria ter?) algo mais!

E infelizmente isso demonstra que:
  • Os nossos irmãos andam se esquecendo de um princípio básico:
"Convém que Ele cresça e que eu diminua.
João 3.30
  • E também se esquecem de um ensino de Nosso Senhor Jesus:
"Vós, porém, não sereis chamados mestres, porque um só é vosso Mestre, e vós todos sois irmãos.
A ninguém sobre a terra chameis vosso pai; porque só um é vosso Pai, aquele que está nos céus.
Nem sereis chamados guias, porque um só é vosso Guia, o Cristo.
Mas o maior dentre vós será vosso servo.
Quem a si mesmo se exaltar será humilhado; e quem a si mesmo se humilhar será exaltado.
Mateus 23.8-12

2 comentários:

  1. E ai BOSS !!

    O inimigo cegou as pessoas ....

    Abraços

    Machado

    ResponderExcluir